Sexualidade + Afetividade

Tenho constatado através da minha experiência profissional que muitas pessoas estão perdendo interesse pela atividade sexual. Principalmente as pessoas mais jovens entre a faixa etária de 20 a 40 anos e que se encontram em período reprodutivo.
Mulheres com mais frequência que os homens, porém todos com uma libido baixa, falta de vontade, desinteresse, e assim por diante.
O que está acontecendo? Apesar da liberdade sexual favorecida pela cultura moderna, porque as pessoas estão diminuindo seu interesse pelo sexo?
Parece que algo se perdeu nesta trajetória entre proibições e libertações. Talvez a liberdade exagerada fez com que todos provassem precocemente e aos poucos fossem desmistificando o assunto, passando a ser algo normal na vida? Talvez.
Mas o que percebo através de relatos é que a atividade sexual passou a ser apenas uma atividade física. Uma tentativa exagerada de chegar ao prazer e de se sentir satisfeito corporalmente. Porém, a ligação profunda que o ato sexual possibilita entre dois seres humanos como troca, doação e entrega foram perdidos. Falta conexão emocional, falta relacionamento, falta troca e o resultado consequentemente é de falta de libido e interesse.
Então, como mudar esta trajetória?
É necessário quebrar o padrão de conduta, modificar pensamentos e atitudes para conseguir emotividade em uma atividade sexual. Mudar o foco do Físico para o Afetivo. Uma conquista que leva tempo, porém, que traz gratificações à alma e não somente ao corpo.
O resultado aparece quando na relação afetiva com o outro, a energia, as emoções e o coração irão inevitavelmente vibrar com intensidade positiva. Haverá um sentimento de pertença à algo maior, mais grandioso do que apenas sensações físicas. Haverá um conexão não apenas física mas, também emocional e espiritual. Haverá emoção e satisfação pela troca de afeto e não somente pela atividade sexual em si.

Parece-lhe animador? A possibilidade de elevar a atividade sexual a níveis mais altos de afetividade e de conexão?
Então, não perca tempo, comece já.

Consultório em Curitiba
Dra Ana Claudia de Lima – Terapias de Vanguarda

Iridologia, PNL, Terapia do Inconsciente Metafórico,
Florais de Bach, Terapia da Árvore Familiar,
Referencial de Nascimento,  Ressignificação Corporal


Postagens mais visitadas deste blog

USO DO TARÔ PARA FINS TERAPÊUTICOS ATRAVÉS DA TÉCNICA FRANCESA: ¨REFERENCIAL DE NASCIMENTO¨

A ZONA DE CONFORTO NOS IMPEDE DE AVANÇAR